Beleza

L’Oréal define metas para ser mais sustentável até 2030

Os objetivos da maior empresa de beleza do mundo se concentram na preservação da biodiversidade, gestão sustentável da água e economia circular

A L’Oréal está acelerando suas metas de sustentabilidade para 2030 com um novo programa apresentado no fim de junho. Chamado de L’Oréal Para o Futuro, o documento foi criado para reforçar os compromissos ambientais e de inclusão da maior empresa de beleza do mundo.

O novo programa apresenta que até 2025 todos os endereços do grupo alcançarão a neutralidade de carbono melhorando a eficiência energética e usando 100% de energia renovável. Até 2030, todos os plásticos usados ​​nas embalagens dos produtos da L’Oréal serão de fontes recicladas ou de fontes renováveis, e o grupo pretende reduzir pela metade as suas emissões de gases de efeito estufa no transporte dos seus produtos em comparação com 2016. Como resultado de tais iniciativas, entre outras, os impactos ambientais também serão reduzidos para os fornecedores e consumidores do grupo, de acordo com a L’Oréal.

“A revolução sustentável da L’Oréal está entrando em uma nova era. Os desafios que o planeta está enfrentando são inéditos e é essencial acelerar nossos esforços para preservar um espaço operacional seguro para a humanidade. Fazemos essa aceleração em nossas próprias operações comerciais e em nossa contribuição para a sociedade em geral. Sabemos que os maiores desafios ainda estão por vir e a L’Oréal permanecerá fiel à sua ambição: operar dentro dos limites do ecossistema do planeta”, afirmou Jean-Paul Agon, presidente e CEO da L’Oréal.

A empresa também revelou que será aplicado o sistema de Rotulagem de Impacto Ambiental e Social do Produto, em que cada rótulo de produtos de enxágue receberá uma pontuação de A a E, sendo o produto “A” considerado como “o melhor” em termos de impactos ambientais e sociais.

“Começará com os produtos de cabelo da Garnier na França, e permitirá que os consumidores sejam informados sobre os impactos ambientais e sociais de seus produtos”, disse Alexandra Palt, Vice-Presidente de Sustentabilidade na L’Oréal, ao WWD. 

A rotulagem deve ser implementada em todas as marcas e categorias da L’Oréal. O sistema foi reconhecido por especialistas científicos independentes e verificado por um auditor independente. O programa L’Oréal Para o Futuro inclui a alocação de 150 milhões de euros para questões sociais e ambientais urgentes, anunciadas e lançadas em maio.

“Com nossos novos compromissos, estamos entrando em uma nova fase de aceleração dessa transformação: indo além do impacto ambiental direto, ajudando os consumidores a fazer escolhas mais sustentáveis, além de gerar contribuição social e ambiental positiva”, afirma Palt.

A L’Oréal foi pioneira em suas ações de sustentabilidade. Desde 2005, por exemplo, o grupo reduziu as emissões de dióxido de carbono de seus centros de distribuição em 78%, enquanto o volume de produção aumentou 37%. E até o final do ano passado, a empresa tinha 35 endereços neutros em carbono, incluindo 14 fábricas.

Em 2013, a L’Oréal lançou seu programa mundial de sustentabilidade, chamado Sharing Beauty With All, com metas para 2020 focadas no desenvolvimento dos produtos de beleza do grupo.

Alguns resultados dessa iniciativa incluem que 85% dos produtos criados ou reformulados em 2019 tiveram seu perfil ambiental e social aprimorado. E até o final de 2019, os programas de compra e inclusão solidária da L’Oréal ajudaram 90.635 pessoas de comunidades carentes a encontrar emprego. Em 2020, esses números devem chegar a 95% e 98.000, respectivamente.

“O resultado é extremamente positivo”, disse Agon durante uma conferência de imprensa virtual realizada com Palt, acrescentando que quase todos os objetivos, que eram muito ambiciosos quando definidos em 2013, foram atingidos e alguns até superados. Ele explicou que a transformação na L’Oréal se estendeu aos colaboradores do grupo e que foi uma “aventura coletiva absolutamente incrível”.

O próximo passo também envolve os 1,5 bilhões de consumidores de produtos da L’Oréal em todo o mundo. Agon disse que as novas metas do grupo para 2030 são altamente ambiciosas. “Estamos no meio de explorar um novo território, um novo universo”, continuou ele. Palt, durante sua entrevista, disse que acredita que a pandemia de coronavírus está servindo como um ponto de inflexão quando se trata de sustentabilidade.

Fonte: Vogue (vogue.globo.com)

Quer saber mais sobre o Universo Fashion? Notícias, músicas, dicas de looks, filmes, e muito mais… É só acessar nossas redes sociais!

Instagram: @oCotidie | @CotidieOnTheRoad | @GarotasSaudaveisOficial | @RenanFurlan | @GrupoCotidie

Envie suas inspirações e looks, também, e a gente compartilha! Que tal?! Bora arrasar?!

______________________________________________________________

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar